Back

Medindo Eucalipto e Madeira para Celulose

O eucalipto é um dos materiais mais valiosos do mundo, estando disponível em mais de 900 espécies e tendo grande importância econômica em mais de 100 países. Vale lembrar que o eucalipto é uma das árvores mais plantadas em todo o globo; sendo um dos principais recursos para a produção de papel devido ao seu rápido crescimento, alta produtividade, grande densidade, propriedades de suas fibras, armazenagem de carbono e variedade. O nosso time no Timbeter desenvolveu um método de sucesso para medir o volume de eucalipto, trazendo resultados precisos a diversos clientes espalhados pelo mundo.

Existem inúmeros métodos para medir eucalipto, uma das maneiras mais comuns é através de observação visual acompanhada pelo coeficiente de densidade da pilha ou fator de enchimento de ar, o qual determina a quantidade de madeira presente sem ar e casca. O volume então é calculado pelo coeficiente de densidade na pilha multiplicado ao cubo (a cubagem da pilha de toras nesse caso significa multiplicar a largura da pilha, o comprimento médio das toras e a altura média da pilha). Mesmo sendo um método rápido, ele é subjetivo e isso reduz a sua confiabilidade, já que a margem de erro pode variar entre 5 e 10%. Como o eucalipto é uma madeira de grande valor, essa margem de erro pode gerar perda material e reclamações entre vendedores e compradores.

Além disso, o eucalipto também pode ser medido em “metros estéreos” (em alguns lugares, pode ser chamado apenas de estéreo):

Estéreo (st): é o volume obtido pela medição de uma pilha de toras, incluindo a quantidade de ar entre elas.

Imagem relacionada

(https://www.picbleu.fr/page/comment-calculer-le-prix-du-stere-de-bois-de-chauffage)

É costumeiro medir o volume em estéreo ao realizar a cubagem de uma pilha de toras ao multiplicar os seguintes fatores: largura da pilha, largura das toras e altura da pilha. Os resultados serão expressos em estéreos ou apenas metros cúbicos de madeira empilhada. Se você utilizar o Timbeter para realizar suas medições, pode usar 100% do coeficiente de ar para obter o volume em estéreo.


Também, na medição em estéreios, a madeira medida pode ser convertida ao volume sólido através de dois fatores:

Fator de empilhamento (Fe) = (Volume Empilhado) / (Volume Sólido) (valores maiores ou iguais a 1 st/m³)

Fator de cubicação (Fc) = (Volume Sólido) / (Volume Empilhado) (valores menores ou iguais a 1 m³/st)

A questão central se relaciona aos inúmeros diferentes parâmetros técnicos e humanos, já que os resultados podem modificar os valores quando os volumes são convertidos. De maneira simplificada, trabalhar com valores fixos não é recomendado, já que isso aumenta a margem de erro e, consequentemente, o número de reclamações.

Resultado de imagem para stere

(https://www.brandhout.com/nl/st%C3%A8re-hout-m3)

Por exemplo, alguns valores no fator de empilhamento pode divergir e aumentar a margem de erro, como o subtipo florestal, a idade das árvores, o diâmetro das toras, a altura, defeitos, umidade, dentre outros.

No caso de toras mais grossas, os métodos usados em adicção do coeficiente de densidade da pilha são os mais tradicionais - as fórmulas matemáticas para obtenção de volume (JAS, Hubber, Doyle) - são as mais utilizadas. Fica a critério das partes decidir qual fórmula será usada para que não ocorram discrepâncias nas medições.

Além disso, se você utilizar um destes métodos de medição, confira também qual de nossas 11 fórmulas de medição você pode utilizar. A sua localização é um fator determinante para a fórmula que será utilizada.

Em vista dos desafios da medição manual pela fatorização, o Timbeter é uma solução simples que faz avanços dentro da indústria; além de fazer medições precisas, com uma margem de erro entre 0,5 e 1,5%, o nosso software pode rastrear as pilhas e permitir o compartilhamento de informações sobre as medições, aperfeiçoando os processos de trabalho para todas as partes.



Para compradores e vendedores, a exportação de eucalipto tem um valor comercial significativo; mesmo que isso traga desafios que precisam ser superados. Para simplificar o processo, o Timbeter desenvolveu, em adição ao Timbeter Container, uma ferramenta para exportação de eucalipto em larga escala. Agora, o aplicativo pioneiro do Timbeter também pode ler QR codes acoplados às toras de madeira. Como este é um novo recurso disponível apenas por solicitação - por favor entre em contato conosco para testar.

No Timbeter, nossa missão é tornar o trabalho de profissionais florestais mais simples e melhor. Devido ao fato do eucalipto e, em geral, madeiras para celulose serem um recurso de alta produtividade com rápido crescimento e transporte global, nós sabemos que a maneira ideal de calcular toras deve ser preciso e rápido. Você pode começar se cadastrando em nosso website ou fazendo o download de nosso aplicativo.

Referências:

http://cmq.esalq.usp.br/wiki/lib/exe/fetch.php?media=publico:metrvm:metrvm-2002-n02.pdf

http://www.eucalyptus.com.br/artigos/news48_Toras_Empilhadas.pdf

http://rpm.org.br/rpm/img/conteudo/files/RPM%20%2083%20-%20Sobre%20metdos%20de%20obteno%20do%20volume%20de%20toras%20de%20madeira.pdf


If you like this, feel free to share!